Ir para conteúdo

 

Objetivo: Manter as palavras-passe secretas e seguras

Como?

  1. Mantenha as suas palavras-passe apenas sob o seu conhecimento;
  2. Crie palavras-passe complexas: pelo menos 10 caracteres, com maiúsculas, minúsculas, algarismos e caracteres especiais (não use termos próximos, como nome, cidade onde nasceu, ou terms conhecidos, como 1234 e qwerty);
  3. Memorize em vez de registar as palavras-passe em papel ou digitalmente;
  4. Caso tenha muitas palavras-passe e seja difícil memorizá-las, guarde-as num gestor offline de palavras-passe;
  5. Evite guardar as palavras-passe nos browsers;
  6. Altere as palavras-passe regularmente (de dois em dois meses, pelo menos);
  7. Cada palavra-passe deve ser usada em apenas uma plataforma;
  8. Se possível, ative a autenticação de duplo fator;
  9. Altere a palavra-passe de origem na compra de um dispositivo - por exemplo, a que é associada à instalação do Wi-Fi doméstico;

O que corre bem quando age bem

Mantém a sua palavra-passe secreta e segura, evitando que alguém, com intenções maliciosas, aceda às plataformas que estão protegidas por palavras-passe, como email, banco online, serviços em nuvem, redes sociais.

Porquê o cuidado

A palavra-passe é um dos mecanismos mais importantes de segurança contra acessos indevidos a plataformas digitais, algumas delas com informação pessoal ou sensível, como o email ou o banco online. Quando a nossa palavra-passe é comprometida, ficamos vulneráveis ao roubo de identidade através das redes sociais, ao uso indevido da nossa conta bancária ou à exfiltração de dados pessoais. Existem programas que permitem descobrir automaticamente as palavras-passe caso elas sejam fracas. No mercado negro da Internet, vendem-se listas de palavras-passe roubadas, por isso é importante alterá-las com regularidade. Também é fundamental evitar que, na descoberta de uma palavra-passe por um agente malicioso, ele tenha acesso a mais do que uma plataforma
Última atualização em 08-04-2021