Ir para conteúdo

DESTAQUES


ATITUDES

HÁ PREOCUPAÇÃO COM A CIBERSEGURANÇA, EM PARTICULAR COM OS DADOS PESSOAIS EM 2018
classroom_meet_1
49%
DOS INQUIRIDOS TÊM PREOCUPAÇÕES COM OS DADOS PESSOAIS EM 2018
entre 2014 e 2017, esta preocupação aumentou 21 pp
73% evitam revelar informação pessoal online; 75% estão preocupados com software malicioso, em 2018, mais 4 pp do que em 2017

MAIS DISPONIBILIDADE PARA PAGAMENTOS ONLINE
1611930556.jpg
DESCIDA NA PREOCUPAÇÃO COM OS PAGAMENTOS ONLINE, DE 47% EM 2017 PARA 38% EM 2018

POUCOS SE SENTEM MUITO BEM INFORMADOS QUANTO AO RISCO DE CIBERCRIME
1611934493.jpg
3%
SENTEM-SE MUITO BEM INFORMADOS

quanto ao risco de cibercrime
52%
NÃO SE SENTEM BEM INFORMADOS
quanto ao risco de cibercrime

SENTIMENTO DE AUTOSSEGURANÇA É MENOR DO QUE NA UE
1611940862.jpg
53%
DOS PORTUGUESES
acham que se conseguem proteger do cibercrime; 61% na UE

PREOCUPAÇÃO COM CONTEÚDO ABUSIVO CRESCE MENOS DO QUE NA UE: CONTACTO ACIDENTAL COM PORNOGRAFIA INFANTIL E DISCURSO DE ÓDIO ONLINE
1611940909.jpg
NA UE, ENTRE 2017 E 2018, ESTAS PREOCUPAÇÕES CRESCERAM 14 PP
em Portugal mantiveram-se estáveis, em 61% (=) e 58% (+3 pp), 67% e 65% na UE, respetivamente

1611942955.jpg
ROUBO DE IDENTIDADE, FRAUDE BANCÁRIA E PORNOGRAFIA INFANTIL SÃO OS CRIMES CONSIDERADOS MAIS SÉRIOS: 75%, 78%, 85%, RESPETIVAMENTE

O DISCURSO DE ÓDIO ONLINE É CONSIDERADO DOS CRIMES MENOS SÉRIOS
1611942978.jpg
46%
EM PORTUGAL
consideram muito sério
61%
NA UE

DESCONHECIMENTO DE VÍTIMAS DE CIBERCRIME
1611943138.jpg
55%
EM PORTUGAL
dos inquiridos não conhecem quem tenha sido vítima de cibercrime
37%
NA UE

DENÚNCIA DE CIBERCRIME
1611977008.jpg
84%
EM PORTUGAL
desconhecem website e email através dos quais reportar cibercrimes
77%
NA UE

VOLUME MENOR COM INTENÇÃO DE REPORTAR INCIDENTES EM GERAL
1611977033.jpg
63%
EM PORTUGAL
dpretendem reagir ao impedimento de acesso a serviço online - apenas 6% em PT o pretendem fazer através de email ou website oficiais, 10% na U
76%
NA UE

1611977068.jpg
POUCA PRESENÇA DO TEMA DA CIBERSEGURANÇA NAS DISCUSSÕES ONLINE, EM PORTUGAL, COMPARANDO COM UE
15 observações nos media por cada 100 empresas em PT, contra 25 na UE em 2017

COMPORTAMENTOS

POUCA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO EM RELAÇÃO AO USO DE PASSWORDS, APESAR DAS PREOCUPAÇÕES
1611979037.jpg
13%
EM PORTUGAL
utilizam diferentes passwords para diferentes websites
29%
NA UE
12%
EM PORTUGAL
utilizam passwords mais complexas que no passado
27%
NA UE
16%
EM PORTUGAL
alteram a password regularmente
21%
NA UE

1611979054.jpg
MAIS ESTUDOS E MENOS IDADE FAVORECEM A MUDANÇA POSITIVA DE COMPORTAMENTO

BAIXA PERCENTAGEM DE PORTUGUESES A TER EXPERIÊNCIA DIRETA DE CIBERCRIME
1611943138.jpg
10%
EM PORTUGAL
reconhecem receber emails fraudulentos ou telefonemas a pedir os seus dados pessoais
34%
NA UE

POUCA REAÇÃO EFETIVA AO CIBERCRIME, MAS EM PORTUGAL, EM CERTOS CASOS, REAGE-SE MAIS DO QUE NA UE
1611979107.jpg
83%
EM PORTUGAL
reagem a software malicioso
55%
NA UE

ENTIDADE CONTACTADA EM CASO DE CIBERCRIME EM QUASE TODAS AS SITUAÇÕES: A POLÍCIA
1611979373.jpg
29%
EM PORTUGAL
contactaram a Polícia em caso de hacking a redes sociais ou email
12%
NA UE

RISCO ONLINE POUCO DISCUTIDO COM OS FILHOS
1611979456.jpg
11%
EM PORTUGAL
(-9 pp em 2018 do que em 2017)
20%
NA UE
(+1 pp em 2018 do que em 2017)

BAIXA PERCENTAGEM DE INDIVÍDUOS QUE AFIRMAM TER SISTEMA DE SEGURANÇA POR DESIGN E OMISSÃO NO SMARTPHONE
1611979626.jpg
24%
EM PORTUGAL
32%
NA UE

ALGUM USO DE LOGIN DAS REDES SOCIAIS NOUTROS SERVIÇOS COMO PROCEDIMENTO DE IDENTIFICAÇÃO
1611979744.jpg
37%
EM PORTUGAL
29%
NA UE

1611979828.jpg
A PREOCUPAÇÃO COM A CIBERSEGURANÇA CONDICIONA A PARTILHA DE INFORMAÇÃO NAS REDES SOCIAIS E AS COMPRAS ONLINE
32,6% e 26% dos inquiridos em PT, respetivamente, no ano de 2019
1611980156.jpg

EDUCAÇÃO E SENSIBILIZAÇÃO


CURSOS SUPERIORES EM CIBERSEGURANÇA E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO
Existem 5 cursos técnicos superiores profissionais; 1 licenciatura;7 mestrados e 1 doutoramento em 2019
1611981478.jpg

1611981502.jpg
O NÚMERO DE ALUNOS INSCRITOS E DIPLOMADOS EM CURSOS DE CIBERSEGURANÇA E SEGURANÇA DAINFORMAÇÃO DE NÍVEL SUPERIOR AUMENTOU
Inscritos | 27 em 2009/2010 | 361 em 2017/2018
Diplomados | 10 em 2009/2010 | 69 em 2017/2018

1611981539.jpg
A PERCENTAGEM DE MULHERES INSCRITAS E DIPLOMADAS EM CURSOS DE CIBERSEGURANÇA E SEGURANÇA DAINFORMAÇÃO DE NÍVEL SUPERIOR AUMENTOU

Mas com um crescimento que não acompanha o aumento do volume total de inscritos, mantendo-se em percentagens abaixo dos 20%


Inscritas | 0 em 2009/2010 | 41 em 2017/2018 | 11%
Diplomadas | 0 em 2009/2010 | 13 em 2017/2018 | 15%

 


55%
DOS PROFISSIONAIS DE CIBERSEGURANÇA E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SÃO LICENCIADOS, EM 2019
1611981583.jpg

Última atualização em 05-04-2021