Notificar incidente

Começa hoje o Mês Europeu da Cibersegurança de 2020 – «Pense antes de clicar»

Este ano, outubro será marcado pela 8.ª edição do Mês Europeu da Cibersegurança da União Europeia, que promove a segurança em linha junto dos cidadãos da UE, sob o mote «Pense antes de clicar»

A campanha anual de sensibilização em matéria de cibersegurança é coordenada pela Agência da União Europeia para a Cibersegurança (ENISA) e a Comissão Europeia, e apoiada pelos Estados-Membros, em conjunto com mais de 300 parceiros de vários setores.

Neste sentido, ao longo do mês de outubro, terão lugar em toda a Europa centenas de atividades, tais como, conferências, workshops, sessões de formação, apresentações gerais e campanhas e seminários em linha (webinars). O objetivo destas ações passa por aumentar a sensibilização na área da Cibersegurança, mas também servirá para facultar informações atualizadas sobre a segurança digital através da educação e da partilha de boas práticas. Desta forma, todos os anos o Mês Europeu da Cibersegurança reúne os cidadãos da UE, de forma a unirem forças contra as ameaças decorrentes do ciberespaço, sob o lema «a cibersegurança é uma responsabilidade partilhada».

Recorde-se que, este ano, a campanha do Mês Europeu de Cibersegurança foi concebida para abordar as questões de segurança em torno da digitalização da vida quotidiana, acelerada pela atual pandemia COVID-19. Incentivando as pessoas a «pensar antes clicar», a campanha de 2020 salienta diferentes temas em matéria de cibersegurança, para ajudar os utilizadores a identificarem ciberameaças e a estarem preparados para as mesmas.

O primeiro tema aborda as «fraudes online» através da partilha de conhecimento sobre as ciberameaças atuais e potenciais. As atividades centram-se, por exemplo, na acesso indevido ao correio eletrónico de empresas e nas fraudes em compras online. Neste sentido, objetivo do tema deste ano passa por incentivar os utilizadores a estarem mais alerta para as fraudes online, quando realizam transações comerciais e pessoais.


Já o segundo tema centra-se nas «competências digitais», fornecendo atividades educativas para informar o público em geral sobre a segurança da informação. O tema abrange questões relativas à privacidade eletrónica, como a proteção dos dados pessoais, o ciberassédio e a ciberperseguição. Assim, as sessões visam promover a importância da ciber-higiene e o estabelecimento de boas práticas na Internet.

Para mais informações aceda aqui.